SIGA A CÂMARA

Realizada Sessão da Câmara Mirim da Câmara de Vereadores


Data: 14/05/2021

A Câmara Mirim de Pomerode realizou na quarta-feira (12/05), a sua segunda Sessão do ano. Antes do início da Sessão, a Assessora da Câmara Mirim, Cleide Rauber, organizou uma reunião preparatória com os Parlamentares Mirins.

Durante a Sessão foi realizada a continuação da leitura do livro Constituição em Miúdos, dividida a leitura em alguns capítulos por sessão.

Na sequência, em seu pronunciamento, a vereadora mirim Christine Sarah Borchardt falou sobre a importância de o lixo ser destinado em local correto. “Pomerode é hoje exemplo de coleta seletiva do seu lixo, separa e recicla a maior parte. O mau hábito de jogar lixo nas ruas traz prejuízo a todos. Nem sempre as pessoas buscam a forma correta na hora de descartar o seu lixo. O Poder público está dando o exemplo e as pessoas precisam colaborar. Deixo algumas orientações para a população ajudar a administração pública a manter a cidade limpa: Não jogue lixo em vias públicas, nem sequer um papel de bala ou chepa de cigarro. Caso você tenha algo a descartar, guarde o material consigo até encontrar a lixeira mais próxima e se não encontrar uma leve para casa. Lembre-se que você é responsável pelo seu lixo. Não custa lembrar: lugar de lixo é na lixeira. Em casa, acondicione o lixo doméstico orgânico em sacos plásticos devidamente amarrados e só coloque na rua no dia da coleta. O mesmo com o lixo reciclado que deve ter o seu excesso de sujeira limpo e acondicionado nos sacos próprios que o SAMAE distribui. E por último, lembre-se que há um ser humano na usina de reciclagem que vai entrar em contato com o seu lixo reciclado, então, não jogue vidros soltos, embale e identifique e não jogue agulhas de qualquer procedência no lixo pois tem ocorrido muitos acidentes na Usina de Reciclagem e neste caso o funcionário tem de passar por um processo de vacinação preventiva. O Descarte de agulhas dever ser feito da seguinte forma: vá coletando-as em uma garrafinha pet e quando necessário, tampe bem e leve até um posto de saúde, lá será feito o descarte adequado.”, disse.

Requerimentos

Estrutura de cobertura para ponto de ônibus / abrigo de passageiros
- Aprovado o Requerimento nº 01/2021, de autoria da vereadora mirim, Maria Isabel Brych, que necessita de estrutura de cobertura para ponto de ônibus / abrigo de passageiros. “Na rua Presidente Costa e Silva, próximo ao Portal Norte, há um ponto de ônibus que atende aos alunos da escola Presidente Prudente de Moraes, demais moradores e necessita de uma estrutura cobertura. No entanto, considerando que nas proximidades se instalou a empresa Komprão Koch Atacadista, sugiro à Secretaria de Planejamento que estude melhor local para tal ponto de ônibus, levando em consideração o aumento de usuários em função do mercado e demais lojas que possam vir a se instalar junto a mesma. Prevendo maior demanda de uso do ponto, o novo local deve munir proteção contra intempéries, espaço suficiente de assento e ainda baia de proteção para ônibus. Para tanto peço o apoio dos meus colegas vereadores mirins, para aprovação deste requerimento e que após aprovado, seja encaminhado à Secretaria de Planejamento e ao Prefeito Municipal, para as providências cabíveis”, disse.

- Aprovado o Requerimento nº 02/2021, de autoria do vereador mirim Matheus Mendonça Lins Pinheiro, que trata da base da passarela da Avenida 21 de Janeiro e seus transtornos. Segue na íntegra: Há muitos anos, o poder público construiu uma passarela na Avenida 21 de Janeiro, para que pudesse servir aos alunos do Colégio Dr. Blumenau, já que possuem seu ginásio de esportes do outro lado da Avenida, assim as crianças ficam em segurança, bem como foi bloqueado o acesso de veículos para a Rua Pastor Runte, no entroncamento com a Avenida para complementar a segurança dos alunos, já que ela dá acesso ao ginásio. Ocorre que o poder público obstruiu uma das vias de cada lado da Avenida, para simplesmente apoiar a base da passarela, ignorando à época, qualquer planejamento. Usou-se do cômodo imediatismo. Obviamente hoje, a cidade cresceu e o fluxo de trânsito é intenso, causa transtornos e se formou um gargalo. Sofremos as consequências da irresponsabilidade do gestor da época. Enfatizo que o problema não é a passarela em si, mas onde sua base foi executada. A situação é caótica, inclusive pela proximidade entre o Colégio, semáforo, ponto de ônibus, faixa de pedestre, passarela, rua Pastor Runte bloqueada e piorou quando a GETRAN deu permissão para acesso à Avenida em via de mão dupla a partir do semáforo, sentido Colégio. Incentiva motoristas a tomarem a pista da direita e logo adiante acarreta no estrangulamento de via, quando se deparam com a base da passarela forçam a mudança de pista para esquerda. No mesmo sentido da Avenida a GETRAN permite ainda a parada para desembarque logo após à base da passarela, obviamente os pais param seus veículos para desembarque das crianças que frequentam o Colégio. Ocorre que este “para e desembarca” causa lentidão, uma vez que o próximo veículo que também quer parar perto da escola, freia para esperar a vaga do anterior. Enquanto isso vai se formando uma fila de veículos advindos das vias adjacentes, que já estiveram aguardando no semáforo e não conseguem seguir seu curso, pois tem de aguardar os demais pais desembarcarem seus filhos perto da escola. Esta situação caótica já é de conhecimento do Prefeito Municipal, e foi abordada anteriormente pela Câmara e Câmara Mirim, no entanto parece não surtir efeito e nada se fez. Sugere-se: 1 – Que de imediato seja proibida qualquer parada de veículo na Avenida 21 de Janeiro, no sentido a partir da base da passarela até a rua Heinrich Passo e que seja proibido o acesso em mão dupla partindo do semáforo até a base da passarela, com exceção de ônibus e van escolar. Essas medidas já melhorariam o fluxo do trânsito. 2 - Relocação urgente das duas bases da passarela, de modo a liberar as duas vias nos dois sentidos para que o trânsito flua, sendo esta a finalidade de uma estrada e não acolher bases de passarelas. De considerar que em 29 de agosto de 2018 quando o assunto em questão foi abordado pela Câmara Mirim, a resposta do Prefeito foi “Consciente do tema, informa que iniciou estudo do Plano de Mobilidade Urbana e que eventual alteração da via requisitada será incorporado nas pautas da equipe técnica”. Quase três anos depois, nada foi feito. Peço aos colegas vereadores mirins que aprovem este Requerimento e posteriormente seja enviado ao Prefeito, Secretaria de Planejamento e a GETRAN, para que tomem as providências cabíveis e solucionem o problema, assim contribuindo com a melhora na mobilidade urbana, anseio de toda a comunidade.

Palestra do Corpo de Bombeiros Voluntários de Pomerode
- Após, os mirins assistiram palestra promovida pelo Corpo de Bombeiros Voluntários de Pomerode, ministrada pelo comandante Carlos Ricardo Hein. O tema abordado foi primeiros socorros. Juntos, estavam os bombeiros voluntários Márcio Sasse e Rafael Krueger.

Arquivos


Fotos